width=1100' name='viewport'/> Jurídico Laboral: Dicas e orientações importantes para a 2° Fase do Exame de Ordem.
"A INJUSTIÇA QUE SE FAZ A UM, É UMA AMEAÇA QUE SE FAZ A TODOS" MONTESQUIEU


Dicas e orientações importantes para a 2° Fase do Exame de Ordem.

 Resultado de imagem para duvida

Estimados amigos, leitores, seguidores e fãs do Blog Jurídico Laboral, atendendo a pedidos dos milhares de estudantes que visitam o blog diariamente, na postagem de hoje vamos dar algumas dicas importantíssimas para quem vai prestar a 2° fase do Exame de Ordem que está por vir.

Nesta postagem vamos focar mais em estratégias durante a prova e o comportamento do estudante nos dias anteriores e durante a prova então leiam com muita atenção.

Primeiramente vale ressaltar que faltam somente 10 dias para a prova então a primeira dica preciosa que dou a vocês é diminuir a leitura de novos conteúdos e ir revisando aos poucos tudo aquilo que vocês já estudaram, sabemos que esses 2 meses de estudos foram cansativos e exaustivos, mas quem estudou de verdade provavelmente já está preparado para a prova por isso se preocupem mais em revisar tudo com calma e de maneira tranquila.

- RESOLVENDO UM SIMULADO EM 4 HORAS.

Outro ponto importante nesses 10 dias restantes é fazer um simulado mais uma vez, sugiro que façam isso no dia 13 (quarta-feira que vem) para assim vocês terem um tempinho a mais para corrigir eventuais falhas. 

Uma dica importante para este simulado é tentar resolvê-lo em 4 horas, isso mesmo 4 horas, pois a prova tem duração de 5 horas, mas não cometam o erro de querer usar as 5 horas de prova pois o tempo passa muito rápido e na primeira hora de prova o candidato tem que lidar com um adversário a mais que é o nervosismo, então estejam preparados.

Além do próprio nervosismo muitas coisas podem acontecer durante a prova, já houve casos de a prova sofrer retificações, falta de energia elétrica, problemas na sala de aula ou até mesmo o aluno pode travar e demorar para começar a escrever por isso eu repito novamente, treinem os simulados para serem resolvidos em 4 horas.

- DESCANSAR 2 DIAS.

Outra dica importante e que muitas vezes fica em segundo plano é o descanso, muitas pessoas acham que descansar adequadamente é perda de tempo e estas pessoas geralmente se complicam na hora da prova.

Nosso cérebro é composto por centenas de milhões de neurônios, imaginem que cada neurônio é um arquivo e que neste arquivo existe um esquema de peça jurídica, um artigo importante, uma súmula etc. 

Agora imaginem que quando estamos cansados e o nosso cérebro não consegue abrir esses arquivos, é isso que acontece com quem não descansa. O aluno precisa estar descansado mentalmente e fisicamente para essa prova, são cinco horas onde o cérebro será levado ao limite, são cinco horas sentado em carteiras desconfortáveis, segurando livros e escrevendo tudo a caneta sem poder cometer grandes erros, então, estudem até ao meio dia da sexta feira (dia 15) e DESCANSEM até o domingo.

- O DIA DA PROVA

Agora vamos falar o que vocês devem e não devem fazer nos momentos anteriores à prova. Primeiramente levantem cedo no domingo para dar uma lida rápida nos pontos mais difíceis e que considerem mais importantes da matéria (deixem este material preparado antes para não perder tempo).

Após esta rápida lida na matéria é importante tomar um banho e revisar tudo o que vocês vão levar para a prova.

Recomendo levar 2 Vade Mecum um grifado e marcado e outro totalmente limpo, leve também várias canetas pretas, e não esqueça dos documentos de identidade.

E para evitar a sonolência depois do almoço, vocês devem almoçar lá pelas 10:30 da manhã e lembrem-se de não comer nada pesado ou encher a barriga de refrigerante pois não é uma boa ideia ter sono ou precisar ir ao banheiro durante a prova. Evitem também tomar bebidas alcoólicas na véspera e no dia da prova.

Saiam cedo de casa e cheguem no local da prova com meia hora de antecedência no mínimo, pois na primeira fase muita gente perdeu a prova com problemas de transito ou ficou presa em protestos que estavam acontecendo então fiquem atentos a isso na cidade de vocês.

No local da prova fujam dos grupinhos de “sábios” e “doutrinadores” que ficam ali fora batendo papo e subam logo para a sala.

- A 1° HORA DE PROVA.

Após o fiscal verificar os Vade Mecum e dar as orientações a prova enfim vai começar, são 5 anos de faculdade, horas e horas estudando para a 1° fase e mais 2 meses se preparando para a 2° fase, o tão esperado momento de realizar a prova enfim chegou, e agora?

Como diria Michael Jordan “agora é a hora em que vamos separar os homens dos meninos” ou as mulheres das meninas então a primeira coisa a fazer com a prova na mão é ler tudo com muita atenção são 5 minutos importantíssimos onde vocês devem ler a peça e as 4 perguntas, ler com atenção e calma é importante pois no decorrer da prova quando estiverem resolvendo a peça ou as perguntas, as chances de encontrar um artigo ou uma súmula de outra questão vão aumentar.

Já nesta primeira leitura vocês vão identificar do que se trata a peça e as perguntas, se houver alguma questão “sui generis” fiquem calmos e deixem-na por último, o importante é começar pela peça pois é a parte mais trabalhosa da prova e tem que ser feita com calma.

- RESOLVENDO A PEÇA.

A primeira dica que vamos dar aqui é talvez a dica mais importante desta postagem, utilizem a folha de rascunho, MAS NÃO FAÇAM UM RASCUNHO DA PEÇA TODA pois não vai dar tempo, nesta folha de rascunho vocês devem escrever quem são as partes, a comarca competente, o nome da ação, anotar os artigos mais importantes e os menos importantes para o fundamento e no final um breve rascunho dos pedidos e é só, vocês treinaram 2 meses e estudaram centenas de vezes as mesmas peças então cofiem em vocês mesmos, não há necessidade de fazer um rascunho de tudo pois será perda de tempo.

Na hora de transcrever a peça para a folha original é preciso ter calma e fazer uma peça organizada e com uma letra legível e bem desenhada, é claro que no começo aquele inevitável frio na barriga vai aparecer mas para quem treinou bastante isso vai passar bem rápido confiem nesta orientação.

Lembrem-se de não fazer parágrafos muitos longos mantenham uma estética de 5 linhas por parágrafo pulando uma linha para começar outro parágrafo e sejam objetivos, a OAB oferece normalmente 5 folhas então evitem frases desnecessárias e palavras supérfluas ou em latim.

Fazer uma peça organizada é meio caminho andando, o examinador corrige as provas com o gabarito na mão então facilitem a vida dele, fazer uma letra legível e bem desenhada, números legíveis e parágrafos de 5 linhas ajudam muito e contam pontos.

- RESOLVENDO AS PERGUNTAS.

Após terminar a peça é hora de partir para as perguntas, o ideal é ter pelo menos 2 horas de prova ainda mas se o tempo estiver apertado vá direto fazer as questões que você sabe resolver.

O esquema da folha de rascunho é o mesmo da peça, não é necessário ficar escrevendo no rascunho, anotem os artigos que fundamentam a resposta e passem logo para a folha original, sempre com calma, letra legível e indicando o maior número de artigos que for possível, não dá para saber qual é o artigo do gabarito então na dúvida e por segurança encaixe todos na resposta.

As perguntas são sempre divididas em 1 fácil 2 médias e 1 difícil, então deixe a difícil para o fim e se não souber resolver não entre em pânico, cada pergunta vale 1,25 e se você fez uma boa prova ela não te prejudicar.

É importante não deixar nada sem resolver na prova, respostas em branco não valem nada e respostas ainda que erradas poderão valer alguma coisa, pois cada ponto é importante.

- TERMINANDO A PROVA.

Se tudo der certo vai sobrar ainda uns 20 minutos, não tenha pressa de entregar, leia toda a sua prova novamente arrumando letras malfeitas e colocando acentos, se tiver alguma pergunta sem resolver volte nela e tente fazer, lute até o fim, neste tipo de prova é importante não se dar por vencido ter gana de vencer, não é uma competição onde quem terminar primeiro vence então use todo o tempo que restar. Porque vencerá sempre o perseverante.

- DICAS FINAIS.

Após entregar a prova o candidato já saberá mais ou menos como foi. É importante manter os pés no chão e esperar o gabarito sair. Se o gabarito bater com a sua prova fique feliz e comemore mas espere o resultado sair nunca se sabe quem vai corrigir a prova.

Para quem foi mal na prova, não se desespere e não desanime, tenha garra e determinação e já comece a se preparar para a repescagem, concursos são assim mesmo, as vezes você foi a pessoa que mais estudou, mas infelizmente no dia na prova você estava mal ou inseguro e deu tudo errado, não desanime e use seus erros como aprendizado para o futuro. 

Como diria Bob Marley “Todos caem, mas apenas os fracos continuam no chão” então sejam fortes e se dediquem ao máximo pois no final tudo vai dar certo.

Nós do Blog Jurídico Laboral desejamos a todos vocês uma excelente prova e muita boa sorte, tenham fé e determinação pois no dia 17, pois todos nós vamos comemorar juntos.

Autores:

MARCUS AUGUSTO RAMPANI, OAB n° 350.492.

GERALDO SERGIO RAMPANI, OAB n° 96.033.

 Segue abaixo um vídeo motivacional  muito inspirador para todo concurseiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário